27°C
Clear sky

Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades

Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades

Pelo menos 22 agricultores que participaram no corte da estrada junto da fronteira de Vila Verde de Ficalho, concelho de Serpa (Beja), no início de fevereiro, foram identificados pelas autoridades policiais, revelou hoje um porta-voz dos manifestantes.

Em declarações à agência Lusa, António João Veríssimo, do Movimento Cívico de Agricultores do Baixo Alentejo, indicou que as notificações da GNR e da PSP, presenciais e por carta registada, começaram a chegar há pouco mais de uma semana.

“São os autos que foram levantados aos tratores que estavam no protesto na estrada nacional que liga Vila Verde de Ficalho a Rosal de la Frontera [Espanha] e notificaram os proprietários para prestarem declarações”, adiantou.

António João Veríssimo disse ter conhecimento de que, até agora, “foram notificados 22 agricultores”, estranhando o motivo pelo qual foram estes os notificados quando no protesto “estariam lá à volta de 300 máquinas”.

O agricultor Luís Pôla, um dos que foi notificado, contou à Lusa que recebeu uma carta da GNR dirigida à sua empresa agrícola, como proprietária do trator, para o responsável comparecer no posto de Serpa.

No posto da GNR, Luís Pôla disse ter sido confrontado pelos militares com uma fotografia em que aparecia o seu trator e os de outros na estrada, limitando-se a confirmar que o veículo era seu e que ele próprio era o condutor.

“Assumi aquilo que fiz e já não prestei mais declarações”, frisou este agricultor, realçando que foi informado pela GNR de que tinha sido constituído arguido e ficado com termo de identidade e residência.

Nas declarações à Lusa, António João Veríssimo, do Movimento Cívico de Agricultores do Baixo Alentejo, lamentou que alguns manifestantes tenham sido identificados, frisando que as autoridades devem ter em contas os motivos dos protestos.

“Tentámos pela via diplomática e todas as vias foram esgotadas, as associações voltaram-nos as costas, o Ministério da Agricultura não nos ouvia e todos diziam que não era possível o pagamento das ajudas em falta”, realçou.

Considerando que a tutela é que devia estar no lugar dos agricultores notificados, pois “falhou ao compromisso assumido”, António João Veríssimo insistiu que se deve perceber “o porquê desta ação e o desespero em que se encontravam os agricultores”.

Durante os protestos, sublinhou, “não houve danos no património nem tumultos, foi deixado um cordão de segurança e passavam ambulâncias e pessoas idosas e todos testemunharam a diplomacia que existiu entre manifestantes e GNR”.

“E, agora, somos notificados como se fossemos bandidos”, acrescentou este agricultor do Baixo Alentejo.

Um grupo de agricultores de vários concelhos do distrito de Beja cortou, entre a madrugada do dia 01 de fevereiro e a noite do dia seguinte, a Estrada Nacional 260, na zona de Vila Verde de Ficalho, junto à fronteira com Espanha.

Estes protestos no setor aconteceram em todo o país contra os cortes de ajudas comunitárias que chegaram a ser anunciados pelo Governo e para reclamar o direito à alimentação adequada, condições justas e a valorização da atividade.

Rádio Pax/ Lusa

PUB

PUB

PUB

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Farmácia de serviço hoje na cidade de Beja

Publicidade

Mais Lidas

1
Ourique
Incêndio fatal em Ourique: homem perde a vida aos 62 Anos
2
Ressonância
Hospital de Beja: A espera terminou, Ressonância Magnética chegou
Devemos acarinhar os eleitores do Chega? Não! Não podemos
4
Bombeiros
Polémica nos Bombeiros de Beja: Lista rejeitada responde a comunicado da direção 
5
Odemira
Alunas de Odemira brilham em competição de ciência em Itália
6
25 de Abril
50 anos de Abril: Catarina Eufémia, um símbolo da luta antifascista
7
agricultores
Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades
8
roubos em Beja
Semana com ameaças, agressões e roubos em Beja

Recomendado para si

15/04/2024
Feira de Garvão regressa em maio
15/04/2024
Olival continua a dominar Alqueva
15/04/2024
CCDR Alentejo anuncia aumento do investimento estrangeiro na região
Castro Verde
14/04/2024
PS de Castro Verde acusa freguesias CDU do concelho de desleixo
14/04/2024
GNR de Beja deteve sete pessoas em flagrante
13/04/2024
IPBeja integra novo Centro de Excelência para a inovação pedagógica no Ensino Superior
Mértola
13/04/2024
Jogos Concelhios arrancam em Mértola
12/04/2024
GNR deteve suspeitos de furto de colmeias