“A diabetes é absolutamente pandémica nos países desenvolvidos”, diz Isabel Ramôa

Comemora-se, hoje, o Dia Mundial da Diabetes, celebrado, anualmente, 14 de novembro, com o objetivo de consciencializar as pessoas sobre a doença e divulgar as ferramentas para a prevenção da diabetes, que tem tido um aumento alarmante de casos no mundo.

Em declarações à Rádio Pax, Isabel Ramôa, Coordenadora da Unidade Integrada de Diabetes da ULSBA, destaca que este dia pretende ser “uma chamada de atenção” para a doença.

“Em crescendo nos países em desenvolvimento”, a responsável salienta que nos países desenvolvidos, “a diabetes é absolutamente pandémica”, devido, principalmente, ao “estilo de vida”, em particular a diabetes tipo 2 e, por isso, importa “chamar a atenção”.

Isabel Ramôa afirma que é muito importante que se reconheça que esta patologia pode ser prevenível, nomeadamente, a diabetes tipo 2.

Relativamente a diabetes tipo 1, Isabel Ramôa salienta que para a ULSBA, este ano é particularmente importante, uma vez que, foi a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo já iniciou a colocação de “Bombas de Insulina” nos doentes.

Um serviço assegurado pelo Centro de Tratamento de Sistemas de Perfusão Subcutâneo Contínua da Unidade Integrada de Diabetes da ULSBA, coordenado pela médica Isabel Ramôa.