Água do Roxo monitorizada em plataforma online

O projecto, financiado pelo PRODER, é apresentado esta tarde pelas 14h30, na Biblioteca de Aljustrel.

A nova base de dados já está a funcionar e permite uma gestão mais económica e ecológica das culturas.

O presidente da ABROXO diz que este é um projecto extremamente importante e que deve ter continuidade no futuro. António Parreira sublinha que os agricultores têm assim dados disponíveis para gerir as suas explorações da forma mais adequada.

O projecto “Qualidade da Água do Roxo na Dinâmica dos Solos e Culturas Agrícolas” contou com a participação da Universidade de Évora e do Instituto Politécnico de Beja e o apoio da Câmara de Aljustrel. Nelson Brito, presidente da Câmara, sublinha a importância da monitorização da qualidade da água utilizada nos campos do concelho.