Aljustrel, Ervidel e São João de Negrilhos com novas áreas empresariais

A Câmara Municipal de Aljustrel aprovou as propostas de “delimitação e fundamentação das Unidades de Execução das Áreas Empresariais de Aljustrel, Ervidel e São João de Negrilhos”.
Após o anúncio em “Diário da República”, segue-se “o período de discussão pública, em cumprimento do disposto no n.º4 do artigo 148.º do Regime Jurídico dos Instrumentos de Gestão Territorial (RJIGT)”.

Com a criação das áreas empresariais, “pretende-se dar um novo impulso ao desenvolvimento económico do concelho, ambicionando-se a criação de zonas potencialmente atractivas para a chegada de novas actividades económicas, fomentando-se o empreendedorismo e a criação de emprego e, consequentemente, a fixação de população no concelho”, explica o município.

“A área de intervenção da unidade de execução de Aljustrel assume-se como um contributo para a colmatação urbana de uma zona da vila que denota uma estreita relação física e funcional com a Zona Industrial de Aljustrel e também proximidade à Estrada Nacional 2 (EN2).” Serão construídos 61 lotes com “arranjos urbanísticos e paisagísticos”.

Com a unidade de execução de Ervidel assegurar-se-á “o desenvolvimento harmonioso e integrado de um território de 4,6 hectares e que também tem uma estreita ligação à EN2. A proposta propõe a criação de 39 lotes para a instalação de actividades económicas. Solução que será acompanhada de infra-estruturas urbanísticas e espaços verdes”, adianta o município de Aljustrel.

Também para São João de Negrilhos está planeada a “edificação de dez lotes e previstos os respectivos arranjos urbanísticos e paisagísticos. No local já se encontram executadas todas as infra-estruturas necessárias para a concretização da futura área empresarial”, a zona de intervenção será na “parte norte do aglomerado, com uma área inferior a 0,5 hectares”.