Aljustrel pede audiências com Ministros do Planeamento e da Agricultura

O problema já foi analisado por diversas vezes pelas entidades responsáveis, como a Infra-estruturas de Portugal, a EDIA e o Ministério da Agricultura (devido aos danos provocados pela expansão da rede de rega).

A situação continua a arrastar-se “sem solução à vista”, lamenta a Câmara Municipal. Desta forma, o município realizou um pedido de audiência ao Ministro do Planeamento e Infra-estruturas e ao Ministro da Agricultura.

A construção de uma variante à vila é uma reivindicação antiga. A passagem de veículos pesados nos últimos anos e os acidentes, alguns deles mortais, tornam-na numa “necessidade imperiosa”. Nelson Brito, presidente da Câmara, revela que a autarquia vai avançar com a execução do projecto para a variante, de acordo com a Revisão do Plano Director Municipal, mas defende que uma obra “daquela envergadura” tem de ter a comparticipação financeira do Governo.

Nelson Brito quer também garantias do Ministério da Agricultura e da EDIA de que as reparações das estradas degradadas pelas obras do regadio serão executadas a breve trecho.