Aljustrel quer manter primária de Rio de Moinhos

A autarquia quer manter o regime de “excepcionalidade” no próximo ano lectivo.

Com 1.º ciclo e pré-escolar, a escola conta com 29 crianças com intenção de frequentar aquele estabelecimento a partir de Setembro. A falta de transportes que assegurem a ligação entre Rio de Moinhos e Aljustrel, as boas condições da escola e a falta de salas disponíveis no Centro Escolar de Aljustrel são as razões apontadas por Nelson Brito, presidente da Câmara Municipal, para manter a EB 1 de Rio de Moinhos a funcionar.

A resposta do Ministério da Educação deve chegar até ao final do ano lectivo.