Alvito lidera consórcio que pretende valorizar tradição Islâmica no Alentejo

O Município de Alvito apresentou a candidatura “Tradição Islâmica no Alentejo” ao programa “Alentejo 2030”, no âmbito do Concurso aberto para as Estratégias de Eficiência Coletiva (EEC), no âmbito do PROVERE.

Alvito lidera o consórcio composto pelos municípios de Beja, de Mértola e Moura, a par de outras entidades como a Universidade de Évora e a Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo.

A salvaguarda da herança cultural e histórica que a Civilização Islâmica deixou no território entre os séculos VIII e XIII e a digitalização como meio de valorização, disseminação e desenvolvimento são os eixos da candidatura. 

De acordo com a Câmara de Alvito, “a valorização deste património e a criação de novos laços de desenvolvimento económico e tecnológico com os países islâmicos e com os seus descendentes espalhados, principalmente pela União Europeia, mas também pelos Estados Unidos” são objetivo deste projeto.

José Efigénio, presidente da Câmara de Alvito, defende a valorização da herança islâmica.