Aprovada desagregação das freguesias de Garvão e Santa Luzia

A separação da União de Freguesias de Garvão e Santa Luzia, no concelho de Ourique, foi aprovada, esta semana, em linha com os compromissos eleitorais e com a vontade das populações em reunião de Assembleia de Freguesia e na reunião de Câmara, revela a autarquia.

A proposta vai seguir os procedimentos legais para que possa entrar em vigor em 2025.

O Município sublinha que “a agregação de Freguesias foi imposta às populações e aos territórios, a régua e esquadro, pelo Poder Central, invocando o memorando com a Troika” e salienta que “sempre esteve contra o processo e a opção, procurando responder ao desafio imposto, sem perda de identidade e com um sentido de construção de um ambiente de coesão.”

Marcelo Guerreiro, Presidente da Câmara Municipal de Ourique, afirma que esta decisão representa um compromisso que a autarquia tinha acordado com a população, sendo que o processo de desagregação vai seguir para a Assembleia da República.