ATLA promove debate para definição de uma Estratégia com base no recurso Água-Alqueva

A Associação Transfronteiriça Lago Alqueva (ATLA) promove, hoje, pelas 10:00 horas, no auditório Municipal de Portel a segunda sessão de trabalho para definição de uma Estratégia de Eficiência Coletiva para o território do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA).

Em comunicado, a ATLA revela que “a realização destas sessões é crítica para concretizar a ambição partilhada de criar uma estratégia sustentável para o território do EFMA, que com base no recurso endógeno diferenciador Água-Alqueva, que responda de forma efetiva aos desafios do território”.

A mesma fonte afirma que aquilo que se pretende é “definir uma estratégia designada “Alqueva + Inovador” que, assente no recurso endógeno Água-Alqueva, seja capaz de criar riqueza e emprego na região, responda aos desafios da transição digital e da eficiência energética e contribua para uma economia mais verde e mais justa económica, social e ambientalmente sustentável”.

Esta sessão de trabalho com os agentes públicos e privados do território definido pela zona de influência do EFMA, faz parte da metodologia de auscultação pública dinamizada pela ATLA em curso desde agosto de 2023 com vista à identificação dos fatores críticos e das apostas estratégicas para a promoção do desenvolvimento sustentável do território.

A ATLA é composta pelos municípios portugueses de: Alandroal, Barrancos, Moura, Mourão, Portel, Reguengos de Monsaraz, Serpa, Viana do Alentejo, Vidigueira, e ayuntamientos espanhóis de: Alconchel, Cheles, Olivença e Vila Nueva del Fresno, possui por missão principal promover de forma integrada, o Desenvolvimento sócio-económico do território abrangido pelo lago Alqueva, valorizando e potenciando as novas oportunidades geradas a partir do recurso “Água”, disponibilizada pelo maior lago artificial da Europa.