Autarca de Almodôvar quer construção de barragem na ribeira de Oeiras

O presidente da Câmara de Almodôvar defende a construção de uma barragem na ribeira de Oeiras, que atravessa o concelho, para combater a seca e garantir o abastecimento público em três municípios.

Em declarações à agência Lusa, António Bota considerou que a barragem tiraria partido do troço da ribeira de Oeiras, um afluente do rio Guadiana, que passa na zona da herdade da Camacha, entre as estradas nacionais 2 e 237.

Essa barragem “serviria para apoiar e reforçar o abastecimento de água que vem” da albufeira do Monte da Rocha, no concelho de Ourique, “e para abastecer por condições naturais” os concelhos alentejanos de “Almodôvar, Castro Verde, Mértola e até o Algarve”, justificou o autarca.

António Bota acrescentou que a nova albufeira poderia, igualmente, permitir que a ribeira de Oeiras pudesse “ter um curso ecológico de água” para abeberamento de animais “até ao rio Guadiana”, o “que não existe neste momento”.

O autarca socialista lembrou que a construção desta barragem esteve, “há 30 anos”, sobre ‘a mesa’, acabando por não avançar por questões ambientais.

Contudo, considera tratar-se de um investimento que faz, agora, sentido e que “seria uma mais-valia” para a região “em termos naturais, ecológicos e de fauna”.

Rádio Pax/ Lusa