Azinheira de Mértola em 3º lugar no concurso Árvore Europeia do Ano

A Azinheira Secular de Monte Barbeiro, na freguesia de Alcaria Ruiva, em Mértola, ficou em terceiro lugar no concurso “Árvore Europeia do Ano 2019”, com 32 mil 630 votos.

Em primeiro lugar ficou uma amendoeira de Snowy Hill, em Pécs, na Hungria e em segundo um carvalho de Abramtsevo, na Rússia.

A cerimónia de divulgação dos vencedores aconteceu ontem, no Parlamento Europeu, em Bruxelas. A árvore vencedora obteve 45 mil 132 votos e o carvalho russo 39 mil 538.

A Azinheira Secular de Monte Barbeiro que está inserida na Zona de Protecção Especial do Vale do Guadiana venceu o prémio de Árvore Portuguesa do Ano 2019.

“Distingue-se de outras da sua espécie pelas suas características invulgares, tais como o perímetro à altura do peito (PAP) de 3,56m, uma copa com 23,28m de diâmetro médio e uma área com cerca de 487m2 de copa”, explica a Câmara de Mértola.

Esta é a segunda vez que uma árvore portuguesa fica nos três primeiros lugares neste concurso. No total, foram contabilizados 311 mil 772 votos. A concurso estiveram 15 árvores de vários países da Europa.