BE quer esclarecimentos do Governo sobre tratamento de Coral Alentejano em Paris

Na véspera da elevação do cante a Património da Humanidade, o embaixador português em Paris deu uma recepção com vários convidados, precisamente a propósito do possível reconhecimento do Cante Alentejano. No entanto, segundo o Bloco, o Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa, que já se encontrava em França, embora a pernoitar na periferia de Paris, não foi convidado para o evento.

O BE quer saber se a recepção promovida pelo embaixador de Portugal em Paris foi um acto oficial e por que motivo o grupo coral e etnográfico não foi convidado.

O Bloco, através da deputada Helena Pinto, pretende ainda apurar que medidas tomou o Governo para apoiar a deslocação de ida e vinda do Grupo, assim como da sua estadia e condições logísticas para a viagem.