Beja debate problemas dos migrantes

Esta quarta-feira fica marcada pelo debate “Migrantes que futuro para o Distrito de Beja”.

Trata-se de uma iniciativa do Núcleo Distrital de Beja da Rede Europeia Anti-Pobreza.

As necessidades crescentes de mão-de-obra trazem à região muitos migrantes.

A Rede Europeia considera que é preciso garantir a dignidade dos migrantes em termos de habitação, salários e contratos de trabalho e combater o tráfico de seres humanos.

Vários especialistas portugueses e espanhóis juntam-se, durante a tarde nas instalações da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) para debaterem e encontrarem soluções para integração dos migrantes.  

João Martins, coordenador do Núcleo Distrital de Beja da Rede Europeia Anti-Pobreza, realça que a situação dos trabalhadores estrangeiros há muito que preocupa a Rede.