Beja, Moura e Odemira em risco de não avançarem no desconfinamento

O boletim epidemiológico divulgado, ontem, pela DGS, revela que 26 concelhos, onde se incluem Beja, Moura e Odemira, estão acima do limiar de risco de incidência da Covid-19, podendo não avançar no desconfinamento, caso a situação se mantenha, na próxima avaliação do Governo.  

De acordo com o documento, estes concelhos registam um acumulado, nos últimos 14 dias, de mais de 120 casos por cada 100 mil habitantes, sete dos quais estão mesmo acima dos 240 novos casos por 100 mil habitantes, como é o caso de Moura (474) e Odemira (316). Apesar de o concelho de Beja (134) estar abaixo dos 240, regista uma incidência acima dos 120 casos por 100 mil habitantes.

Alvito, Barrancos, Mértola, Ourique não registaram novos casos na última semana. Destaque para Alvito que continua a liderar, pela quinta semana consecutiva, a lista de concelhos, no distrito de Beja, com zero casos.

Almodôvar que tinha zero casos, na última semana, hoje está com 30 casos por 100 mil habitantes. Já o concelho de Mértola conseguiu atingir, esta semana, os zero casos positivos.

Cuba que, na avaliação anterior, constava da lista de municípios acima dos 120 mil casos por 100 mil habitantes, passou, esta semana para risco moderado (44), tendo sido o único concelho, a par de Mértola, Serpa e Vidigueira, que conseguiu diminuir a incidência da Covid-19. Significa, então, que Aljustrel (36), Almodôvar (30), Castro Verde (58) e Ferreira do Alentejo (76), apesar de estarem abaixo dos 119,9 casos, apresentam uma tendência crescente da incidência