Bloco de Esquerda defende aproveitamento de obra abandonada em Serpa

A candidatura do Bloco de Esquerda às autárquicas de Outubro no concelho de Serpa não compreende a indiferença da Câmara face a uma obra abandonada há cerca de 20 anos, na variante exterior da cidade.

De acordo com o BE, “além do mau aspecto, numa das entradas da cidade conhecida pelo cante e pela preservação do património, este ‘bunker’ de cimento e ferro tornou-se um símbolo de insensibilidade, de ‘deixa andar’ e até de desperdício”.

O Bloco defende que o edifício – de um antigo Hotel que não foi concluído – pode ter uma utilidade social e aponta como solução a instalação da Pousada da Juventude que falta em Serpa ou do Centro de Estágio e Férias Desportivas.

Alberto Matos, candidato do BE à Câmara de Serpa, afirma que a autarquia “não pode lavar as mãos pelo facto de o terreno ser privado”.