Bloco de Esquerda quer água do Pomarão para consumo doméstico

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda apresentou um Projeto de Resolução na Assembleia da República onde propõe que “o investimento no ‘Reforço do Abastecimento de Água ao Algarve – Solução da Tomada de Água no Pomarão’ tenha como primeira prioridade o abastecimento doméstico, nomeadamente das populações envolventes e sempre que necessário da região do Algarve”.

O Bloco quer ainda que este reforço do abastecimento “não se destine a manter ou a aumentar a área e o consumo de água de culturas insustentáveis e que a agricultura da região do Algarve seja adaptada às condições e aos recursos existentes”.

O projeto de reforço do Abastecimento de Água ao Algarve a partir do Pomarão tem um custo base de 2,1 milhões de euros no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Pedro Filipe Soares, líder parlamentar do Bloco de Esquerda e membro da Comissão de Ambiente e Energia, defende que a água seja usada para consumo humano e não para rega de campos de golfe ou de grandes plantações de abacate.

O dia de hoje fica marcado pela discussão do Projeto de Resolução apresentado pelo Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda.