Breve Historial da Rádio Pax

Ostenta um galardão invejável. Foi a segunda rádio pirata a nível nacional a emitir e a primeira em todo o Alentejo. Esta faceta dá-lhe uma responsabilidade acrescida, desde o dia 25 de Dezembro de 1984, data da primeira emissão experimental da Rádio Pax, que na altura se podia sintonizar na frequência 101.0
FM, com um emissor de 250W de potência. Dias depois, mais precisamente na noite de 31 de Dezembro, a Rádio Pax voltaria a emitir entre a meia-noite e as três da madrugada, o que significou a 2ª sessão experimental.
Em antena esteve então um rasgo de ousadia com uma programação que incluía música, publicidade a casas comerciais da região e ainda mensagens de ano novo do então governador civil de Beja, Manuel Masseno, e do Bispo de Beja, D. Manuel Falcão.

A 1 de Janeiro de 1985, o ano novo arrancou com uma programação entre as 10h e as 14h, um espaço praticamente dedicado à música da região. Mais tarde, à semelhança do que aconteceu a todas as rádios piratas do país, a emissora de Beja foi obrigada a suspender as emissões. Se não o fizesse os serviços de radiocomunicações dos CTT procederiam à apreensão de todo o material de transmissão e a emissora ficaria sujeita a uma multa de 100 mil escudos.

Actualmente a Rádio Pax é uma emissora solidamente implantada no panorama radiofónico regional. O jornalismo é uma das prioridades seguindo uma filosofia ou estilo informativo que seja ao mesmo tempo uma forma de cultura no sentido da transmissão do conhecimento do que queremos e somos como região, ajudando com o seu contributo à prevalência de hábitos, costumes e características marcadamente alentejanas.