Câmara de Beja iniciou conservação de muralha

A obra está orçada em cerca de 58 mil euros.

A Câmara Municipal de Beja considera “a valorização do património histórico e cultural como prioritária e essencial à dinamização do Centro Histórico”.

Nesse sentido, a autarquia fez várias diligências e conseguiu que a intervenção, da responsabilidade do Estado, fosse agora concretizada.

Segundo a Câmara, o estado de conservação da muralha era “preocupante” pois “poderia por em causa a segurança de pessoas e bens nos logradouros confinantes com o troço entre o lar do Terreirinho das Peças e o miradouro”.

As obras deverão ficar concluídas no prazo de dois meses, explicou à Rádio Pax Vítor Picado, vice-presidente da Câmara de Beja.