CDU diz que está a fazer de Beja “uma cidade onde se possa viver”

A Câmara de Beja está a pagar aos fornecedores entre os 10 e os 15 dias. A garantia foi deixada por João Rocha, ontem, na cerimónia de apresentação dos candidatos da CDU às autárquicas de Outubro no concelho de Beja. Os comunistas fizeram também a inauguração da sua sede de campanha, no Largo de S. João.

João Rocha lembrou a “herança” recebida há 4 anos, quando venceu as eleições. O cabeça de lista da CDU acusou o PS de ter deixado a autarquia “completamente endividada” e sem “credibilidade” junto dos fornecedores.

Para além de equilibrar as contas, a CDU assegura que fez obra ao unir uma cidade dividida. João Rocha disse que a Coligação Democrática Unitária está a fazer de Beja “uma cidade onde se possa viver”.

Em matéria de desenvolvimento, João Rocha assegurou que têm sido feitas diligências em defesa da electrificação da ferrovia e da construção do IP8.

O candidato da CDU garantiu que há empresários interessados em investir na zona de acolhimento de empresas de Beja e não poupou criticas ao Governo pelos atrasos nos financiamentos.

João Rocha encerrou o discurso com a promessa de “desenvolver Beja” se for reeleito a 1 de Outubro.