CEBAL garante Doutoramento a três jovens do Distrito de Beja

Três investigadores do distrito de Beja que desenvolvem actividades de Investigação & Desenvolvimento no CEBAL- Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-alimentar do Alentejo, foram recentemente contemplados com Bolsas de Doutoramento.

Esta distinção surge no âmbito do Concurso para a Atribuição de Bolsas de Doutoramento – 2019 pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

“Estas bolsas possibilitarão aos 3 investigadores do CEBAL a continuidade dos seus trabalhos que incidem sobre a valorização de recursos endógenos abundantes na região, a Esteva e o Cardo, permitindo, desta forma, aumentar as respostas aos desafios do Alentejo e proporcionar mais Inovação no território, e atrair mais investimento”, explica o CEBAL.

Fátima Duarte, investigadora do CEBAL refere que a atribuição destas bolsas é uma forma de “fixar no território, recursos altamente qualificados” que têm a possibilidade de fazer carreira” no Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-alimentar do Alentejo.

A FCT é a principal entidade, na dependência do Governo, que financia a investigação científica em Portugal. Neste concurso, a Fundação para a Ciência e Tecnologia recebeu 3333 candidaturas de investigadores das várias entidades do sistema científico português e atribuiu 1350 bolsas.

As bolsas de doutoramento são subsídios anuais concedidos, por um período máximo de quatro anos e em regime de exclusividade, a investigadores para a obtenção do grau académico de doutor.

“O resultado deste concurso é mais uma evidencia de que o CEBAL continua a afirmar a qualidade do trabalho que desenvolve e das parcerias que estabelece”, conclui o Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-alimentar do Alentejo.