CM Castro Verde recorre a empréstimo para financiar obras

A Câmara de Castro Verde vai contrair um empréstimo bancário de 600 mil euros para financiar várias obras no concelho.

Entre as intervenções encontram-se a ampliação do cemitério municipal, a requalificação da estrada entre Castro Verde e Casével, intervenções nos parques infantis da vila, do edifício das piscinas Municipais e do Cineteatro.

António José Brito, presidente da autarquia refere que recorrer a este empréstimo trata-se de uma “decisão importante para Castro Verde que permitirá dar resposta a necessidades evidentes”.

O autarca explica ainda que esta decisão surge tendo em conta que “desde o início do mandato que a Câmara deveria ter recebido 2 milhões e 400 mil euros [de derrama], que não recebeu”. Por esse motivo, existiu a necessidade “de recorrer à banca (…)”.

O empréstimo foi aprovado na última Assembleia Municipal.