Companhia de teatro de Beja inicia digressão no Chile

A Companhia de Teatro bejense Lendias d’Encantar inicia hoje a digressão do seu mais recente espectáculo “Furacão Carmen” de Santiago Serrano, no espaço Teatro Mori Bellavista, em Santiago do Chile.

O convite foi feito pelo Festival Santiago Off- Festival Chileno de Artes Cénicas e Música, segundo a Companhia.

O “Furacão Carmen” resultou de “encontros, conversas e pesquisas por parte de António Revez, actor, director artístico da Lendias d’Encantar e programador do FITA- Festival Internacional de Teatro do Alentejo e Murilo Grossi, actor brasileiro”, afirma a mesma fonte.

Susana Paixão, produtora executiva da Lendias d’Encantar disse, à Rádio Pax, que a peça retracta o “universo masculino e as suas maneiras de rivalizar”.

Para a produtora da Companhia, “poder levar o teatro de Beja, portas fora é muito importante”.

A peça é uma co-produção do FITA com o Cena Contemporânea- Festival Internacional de Teatro de Brasília com texto do argentino Santiago Serrano.