Concluída obra de 750 mil euros no edifício da Câmara de Beja

Com um atraso de três meses, devido à pandemia da Covid-19, estão concluídos os trabalhos de reabilitação do edifício da Câmara de Beja.

A obra, iniciada em janeiro do ano passado, representou um investimento municipal de 750 mil euros, sem recurso a crédito, contando, apenas, com 275 mil euros, a fundo perdido.

De acordo com Paulo Arsénio, presidente da autarquia, seguem-se, agora, os testes e as certificações de aparelhos e de equipamentos e, depois, o regresso do executivo e dos funcionários que, no último ano, têm estado instalados no edifício azul do Parque de Feiras e Exposições de Beja, ao edifício dos Paços do Concelho.

Entre as intervenções feitas, o autarca realça “a nova clarabóia do edifício, o elevador para o primeiro andar, as novas janelas de vidro duplo, a nova climatização do edifício, a entrada de porta dupla, a substituição substancial das vigas que suportam o telhado e os sanitários totalmente renovados”.

Além disso, Paulo Arsénio destaca, igualmente, “a colocação de painéis solares no telhado para auto-consumo reduzindo, assim, substancialmente os consumos energéticos do edifício, a ampliação da rampa de acesso e a colocação de rampa interior para acesso a todos os serviços que funcionem no espaço”.