Congresso Luso-Espanhol de Pecuária Extensiva tem programa fechado

O III Congresso Luso-Espanhol de Pecuária Extensiva vai debater em Cáceres, a sustentabilidade, os desafios do setor e a nova Política Agrícola Comum (PAC).

A iniciativa que tem a ACOS- Associação de Agricultores do Sul como parceiro discute a 1 de dezembro, no primeiro dia, a produção pecuária em extensivo em Espanha e em Portugal e a contribuição das novas tecnologias aplicadas.

O congresso prossegue, da parte da tarde, com análise do ecossistema do montado/dehesa como gerador de valor, assim como a promoção e comercialização de produtos deste sistema agrosilvopastoril

No dia 2 de dezembro os trabalhos arrancam com um debate sobre a sustentabilidade e a futura Política Agrícola Comum (PAC). A partir das 12h30, terá lugar a apresentação de conclusões.

Os ministros da Agricultura de Portugal e Espanha têm presença confirmada no Congresso.

Claudino Matos, Diretor Geral da ACOS sublinha que este é um debate importante para discutir problemas comuns numa altura em que vai entrar em vigor a nova PAC.