Convento do Carmo em Moura tem duas propostas de exploração

Terminou no final do mês passado o prazo para apresentação de candidaturas no âmbito do concurso público para concessão de exploração do Convento do Carmo como empreendimento turístico.

A Câmara de Moura revela que foram submetidas duas candidaturas, que seguirão agora as regras definidas no concurso, que prevê a análise destas propostas, pelo júri, no decorrer das próximas semanas.

De acordo com a autarquia, “o surgimento destes dois investidores, na exploração do Convento do Carmo, resulta do trabalho desenvolvido no último ano e meio pelos técnicos do município, Turismo de Portugal, I.P., DGPC – Direcção Geral do Património Cultural e Direcção Regional de Cultura do Alentejo”.

Através do “Revive” pretende-se transformar o Convento do Carmo numa unidade hoteleira com 50 quartos, classificação mínima de 4 estrelas, cujo contracto de concessão prevê um investimento de cerca de 8 milhões de euros.

A Câmara de Moura mostra-se “bastante optimista relativamente ao desenrolar deste procedimento”, realça Manuel Bio, vereador do município.