12°C
Scattered clouds

Desemprego aumentou em abril em Beja

No final do mês de abril passado, no concelho de Beja, estavam inscritos no Centro de Emprego 1 286 desempregados. Face a igual mês de 2023, registaram-se mais 168 inscritos, revelam os últimos dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

No concelho de Beja, o desemprego atingia 640 homens e 646 mulheres.

O grupo etário dos 35 aos 54 anos era o mais afetado. A maioria dos desempregados no concelho de Beja tinha o Ensino Secundário, de acordo com a mesma fonte.

Beja era o segundo concelho do distrito com o maior número de desempregados inscritos. Odemira liderava a lista com 1 997 desempregados.

No final de abril passado, estavam registados, nos Serviços de Emprego do Alentejo, 15 262 indivíduos. De acordo com os números do Instituto do Emprego, na região o desemprego aumentou 6,2% comparativamente com igual mês de 2023.

PUB

PUB

PUB

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Farmácia de serviço hoje na cidade de Beja

Publicidade

Mais Lidas

1
Ourique
Incêndio fatal em Ourique: homem perde a vida aos 62 Anos
2
Ressonância
Hospital de Beja: A espera terminou, Ressonância Magnética chegou
3
Bombeiros
Polémica nos Bombeiros de Beja: Lista rejeitada responde a comunicado da direção 
Devemos acarinhar os eleitores do Chega? Não! Não podemos
5
Odemira
Alunas de Odemira brilham em competição de ciência em Itália
6
25 de Abril
50 anos de Abril: Catarina Eufémia, um símbolo da luta antifascista
7
roubos em Beja
Semana com ameaças, agressões e roubos em Beja
8
agricultores
Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades

Recomendado para si

Foto: SOMINCOR
somincor
16/07/2024
Somincor à venda
16/07/2024
AMCAL lança campanha que vai ajudar Bombeiros locais
16/07/2024
Cursos Técnicos Superiores Profissionais fecham candidaturas no final da semana
Ferreira
16/07/2024
Ferreira vai acolher projeto destinado a jovens que gostem da natureza
16/07/2024
Biblioteca Municipal de Moura encerra para obras
16/07/2024
ADPM avança com Projeto “EcoRaízes”
16/07/2024
Artesanato ocupa lugar de destaque na FACECO
15/07/2024
Câmara de Serpa acusa Governo de “comportamento inaceitável”