12°C
Scattered clouds

Doenças do aparelho circulatório são as que mais matam no Alentejo

Em 2022 morreram, no Alentejo, 7 898 pessoas. De acordo com os números agora avançados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no Alentejo as doenças do aparelho circulatório foram as principais causadoras de óbitos. Provocaram 2 282 mortes. A maioria dos óbitos deveu-se a doenças cerebrovasculares.

Os tumores malignos, num total de 1 566, foram a segunda causa de morte na região. Destes, o cancro do cólon, reto e ânus foi o que mais matou.

Seguiram-se as doenças do aparelho respiratório e a Covid 19. Em 2022, perderam a vida, com Covid 19, no Alentejo, 435 pessoas. 

PUB

PUB

PUB

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Farmácia de serviço hoje na cidade de Beja

Publicidade

Mais Lidas

1
Ourique
Incêndio fatal em Ourique: homem perde a vida aos 62 Anos
2
Ressonância
Hospital de Beja: A espera terminou, Ressonância Magnética chegou
Devemos acarinhar os eleitores do Chega? Não! Não podemos
4
Bombeiros
Polémica nos Bombeiros de Beja: Lista rejeitada responde a comunicado da direção 
5
Odemira
Alunas de Odemira brilham em competição de ciência em Itália
6
25 de Abril
50 anos de Abril: Catarina Eufémia, um símbolo da luta antifascista
7
roubos em Beja
Semana com ameaças, agressões e roubos em Beja
8
agricultores
Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades

Recomendado para si

23/06/2024
IPBeja foi palco para celebrações do Dia do Desporto Feminino
23/06/2024
Cuba com candidaturas abertas para apoios no próximo ano letivo
23/06/2024
“Vamos ao Mastro” esta noite em Moura
Mértola
23/06/2024
Festas da Vila de Mértola são momento de reencontro
Patinagem
23/06/2024
Atleta do Clube de Patinagem de Beja recebe Cartão Branco
Marchas Populares
22/06/2024
Desfile de Marchas Populares nas Neves
22/06/2024
Cuba com inscrições para expositores na Feira Anual
Mértola
22/06/2024
Mértola: Festas da Vila têm bilheteira solidária para ajudar IPSS’s