Enfermeiros iniciam greves de norte a sul do país

Foto: SEP
Foto: SEP

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) inicia hoje um conjunto de greves que vão desenvolver-se de norte a sul do país.

As paralisações arrancam no Centro Hospitalar Universitário do Algarve e terminam a 23 de fevereiro no Centro Hospitalar do Médio Tejo.  

No próximo dia 9 os enfermeiros da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) estão em greve.

A contagem de pontos a todos os enfermeiros promovidos às categorias de especialista e chefe entre 2004 e 2011, a contabilização de pontos a todos os vínculos precários e a contabilização de pontos por ano civil são exigências do Sindicato.

“Os enfermeiros têm razões de sobra para convocarem greves”, afirma Edgar Santos, coordenador do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses no Alentejo.

O mesmo responsável acusa a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo de não cumprir a Lei e contabilizar incorretamente os pontos dos profissionais.