GNR avança com operação “Censos Sénior 2021”

A Guarda Nacional Republicana retoma durante este mês de outubro a Operação “Censos Sénior”.

Os militares da GNR vão realizar um conjunto de ações, junto das pessoas idosas, “privilegiando as que estão em situação vulnerável, e/ou que vivem sozinhas e/ou isoladas”.

O objetivo visa, segundo a Guarda Nacional Republicana, “reforçar os comportamentos de segurança que permitam reduzir o risco de os idosos se tornarem vítimas de crimes, nomeadamente em situações de violência, de burla e furto, bem como na identificação dos cuidadores informais e sua sensibilização”.

Na edição de 2020 da operação “Censos Sénior”, a Guarda contabilizou 42 439 idosos em risco.

No distrito de Beja foram sinalizados, no ano passado, 3 403 idosos que viviam sozinhos, isolados, em situação de vulnerabilidade, em razão da sua condição física, psicológica, ou outra que possa colocar em causa a sua segurança.

As situações de maior vulnerabilidade foram reportadas às entidades competentes, sobretudo de apoio social, no sentido de fazer o seu acompanhamento futuro.