GNR de Beja transporta órgão para o Porto

O Comando Territorial de Beja da GNR realizou, hoje, o transporte urgente de um órgão do Hospital José Joaquim Fernandes para o Centro Hospitalar e Universitário do Porto.

Segundo o comunicado da GNR, o transporte do órgão foi pedido pelo Gabinete Coordenador de Colheita e Transplante. Os militares deslocaram-se, pelas seis da manhã, ao norte do país, para efectuar o trajecto em regime de urgência.

O transporte dos órgãos é, regra geral, “pedido à GNR pela Unidade de Saúde que detém o órgão a ser transportado”. A patrulha desloca-se ao local para levantar o órgão e, de seguida, procede ao seu transporte até ao destino.

“Salienta-se que a qualidade e segurança da transplantação de órgãos depende do tempo necessário para o seu transporte, competindo assim à GNR, e em respeito das condições de segurança, chegar ao destino no menor tempo possível, contribuindo deste modo para o salvamento de mais uma vida”, lê-se ainda no documento.