12°C
Scattered clouds

Greve de professores por distritos chega a Beja

Greve de professores por distritos chega a Beja

Esta quarta-feira fica marcada pela greve dos professores em Beja.

Os docentes concentram-se em frente à Escola Secundária Diogo de Gouveia, pelas 12h00 e no Jardim do Bacalhau, a partir das 12h30.

Os profissionais de educação exigem a recuperação do período que se encontra “congelado”, o fim das vagas que garantem o acesso aos quinto e sétimo escalões da carreira e entre outras pretensões.

A greve por distritos é convocada pela plataforma sindical que engloba nove organizações sindicais, como a Federação Nacional dos Professores (FENPROF) e a Federação Nacional de Educação (FNE).

As explicações são de Manuel Nobre, presidente do Sindicato dos Professores da Zona Sul (SPZS).

PUB

PUB

PUB

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Farmácia de serviço hoje na cidade de Beja

Publicidade

Mais Lidas

1
Ourique
Incêndio fatal em Ourique: homem perde a vida aos 62 Anos
2
Ressonância
Hospital de Beja: A espera terminou, Ressonância Magnética chegou
Devemos acarinhar os eleitores do Chega? Não! Não podemos
4
Bombeiros
Polémica nos Bombeiros de Beja: Lista rejeitada responde a comunicado da direção 
5
Odemira
Alunas de Odemira brilham em competição de ciência em Itália
6
25 de Abril
50 anos de Abril: Catarina Eufémia, um símbolo da luta antifascista
7
agricultores
Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades
8
roubos em Beja
Semana com ameaças, agressões e roubos em Beja

Recomendado para si

20/03/2024
Equipamento de Ressonância Magnética é hoje inaugurado em Beja
01/09/2023
Moura apela à separação seletiva dos biorresíduos
01/09/2023
Ivandro sobe ao palco na “Feira Anual de Cuba”
01/09/2023
Castro Verde: “Festival Castro Mineiro” arranca esta sexta-feira
01/09/2023
Odemira promove “Setembro, uma imersão cultural”
01/09/2023
“Quinteto Quebra Tudo” e “Latin Jazz” no primeiro dia do “Be Jazz”
01/09/2023
Serpa e Vasco da Gama de Vidigueira deslocam-se ao Barreiro
29/08/2023
Executivo promove “precariedade laboral” diz CDU de Beja