Hospital de Beja consegue obstetras para a passagem de ano (ACT.)

O Hospital de Beja corria o risco do serviço de Obstetrícia e Ginecologia estar encerrado no dia 31 de Dezembro por falta de médicos para preenchimento da escala de serviço.

Um cenário que já ocorreu noutras ocasiões e que, a confirmar-se, obrigaria a que as situações urgentes tivessem que ser encaminhadas para o Hospital de Évora.

Contactada pela Rádio Pax, a administração da Unidade de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) confirmou a situação.

Entretanto, em nota enviada à Rádio Pax, já foi garantido  que o problema está ultrapassado. O serviço de Obstetrícia vai funcionar no final do ano.