INE estima aumento de 25% na produção de azeitona

As previsões agrícolas, do INE- Instituto Nacional de Estatística, em 31 de Dezembro, apontam para um aumento de 25% na produção de azeitona, que deverá ultrapassar as 900 mil toneladas.

De acordo com o INE esta produção é “uma das maiores” desde que há registo.

No Alentejo, “a precipitação de Dezembro não condicionou a colheita mecânica da azeitona nos olivais intensivos e superintensivos, nem afetou o estado sanitário dos frutos, que na maioria dos olivais, são em quantidade superior à da campanha anterior”.

Quanto aos cereais de inverno, o Instituto estima “a manutenção das áreas instaladas de trigo mole, triticale e centeio, e uma diminuição de 5% nas de trigo duro e aveia”.

A instalação dos cereais “decorreu a bom ritmo, beneficiando, desde o início de Novembro até meados do mês de Dezembro, do estado do tempo favorável à preparação dos solos e sementeira”.

As searas apresentam povoamentos regulares e aspeto vegetativo normal.

As condições meteorológicas “dificultaram a realização dos trabalhos agrícolas, (…) foram responsáveis por prejuízos em instalações agrícolas e em muitas culturas que estavam no terreno, e afetaram a realização dos trabalhos mecanizados, dificultando a instalação dos cereais de inverno”.

Em contrapartida, o INE refere que se verificou “uma acentuada reposição das reservas hídricas das infraestruturas superficiais de armazenamento e dos teores de humidade do solo, garantindo as necessidades hídricas das culturas instaladas/a instalar”.