Início de 2016 com menos mortes nas estradas

Os meses de Janeiro e Fevereiro de 2016 foram menos trágicos que os do ano anterior, que somaram dez vítimas mortais.

Apesar do número de acidentes (304) não registar grande alteração face ao período homólogo (318), o número de vítimas graves desceu de 53, em 2015, para 15.

Em todo o país a sinistralidade rodoviária já tirou a vida a 73 pessoas e fez 306 feridos graves, no resultado dos mais de 21 mil acidentes de viação.

Os números constam no relatório provisório da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.