12°C
Scattered clouds

IPBeja quer contribuir para a formação de professores em São Tomé e Príncipe

Foto: IPBeja
IPBeja quer contribuir para a formação de professores em São Tomé e Príncipe

O Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) formalizou, ao longo deste mês, um protocolo de cooperação com a Ministra da Educação, Cultura e Ciências de São Tomé e Príncipe, Isabel Maria Correia Viegas de Abreu.

Com este acordo, o IPBeja pretende contribuir para a formação de professores do ensino básico naquele país africano.

Fátima Carvalho, presidente do Instituto Politécnico de Beja, garante que aquela instituição de ensino superior está disposta a melhorar o ensino em São Tomé e Príncipe.

IPBeja assume-se assim como uma entidade pioneira na formação de docentes em São Tomé e Príncipe.

PUB

PUB

PUB

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Farmácia de serviço hoje na cidade de Beja

Publicidade

Mais Lidas

1
Ourique
Incêndio fatal em Ourique: homem perde a vida aos 62 Anos
2
Ressonância
Hospital de Beja: A espera terminou, Ressonância Magnética chegou
Devemos acarinhar os eleitores do Chega? Não! Não podemos
4
Bombeiros
Polémica nos Bombeiros de Beja: Lista rejeitada responde a comunicado da direção 
5
Odemira
Alunas de Odemira brilham em competição de ciência em Itália
6
25 de Abril
50 anos de Abril: Catarina Eufémia, um símbolo da luta antifascista
7
roubos em Beja
Semana com ameaças, agressões e roubos em Beja
8
agricultores
Agricultores que cortaram estrada em Serpa identificados pelas autoridades

Recomendado para si

20/03/2024
Equipamento de Ressonância Magnética é hoje inaugurado em Beja
01/09/2023
Moura apela à separação seletiva dos biorresíduos
01/09/2023
Ivandro sobe ao palco na “Feira Anual de Cuba”
01/09/2023
Castro Verde: “Festival Castro Mineiro” arranca esta sexta-feira
01/09/2023
Odemira promove “Setembro, uma imersão cultural”
01/09/2023
“Quinteto Quebra Tudo” e “Latin Jazz” no primeiro dia do “Be Jazz”
01/09/2023
Serpa e Vasco da Gama de Vidigueira deslocam-se ao Barreiro
29/08/2023
Executivo promove “precariedade laboral” diz CDU de Beja