João Céu e Silva vence Prémio Joaquim Mestre

João Céu e Silva, com o romance «Guadiana», é o grande vencedor da 3ª edição do Prémio Literário Joaquim Mestre.

De acordo com o júri, a obra vencedora “é um texto sólido e consistente do ponto de vista da escrita e do enredo, com uma trama bem construída, com boa interligação entre os momentos narrativos e com um final surpreendente”.

João Céu e Silva nasceu em Alpiarça em 1959, e viveu no Rio de Janeiro, onde se licenciou em História. Desde 1989 que é jornalista e colaborador do Diário de Notícias. Recebeu em 2021 o Prémio Carreira de Jornalismo do festival literário Escritaria e publicou neste mesmo ano Uma Longa Viagem com Vasco Pulido Valente, o sexto volume de uma série, que conta com vários autores.

O júri atribuiu ainda uma menção honrosa ao original «Para lá do sol-posto», da autoria de António José da Costa Neves.

O Prémio Literário Joaquim Mestre tem uma periodicidade bienal e é um prémio instituído pela ASSESTA – Associação de Escritores do Alentejo, em parceria com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e com o apoio da Câmara Municipal de Beja.

A cerimónia de entrega de prémios e de lançamento da obra vencedora está marcada para o próximo mês de outubro, na Biblioteca Municipal de Beja.