JSD Beja “solidária com a luta dos Professores”

A distrital de Beja da Juventude Social Democrata (JSD) vem, em nota de imprensa, defender a “valorização” da classe docente.

A JSD “propõe, aplicado a toda a classe trabalhadora da função pública, com base naquelas que são as reivindicações da classe docente”, em primeiro lugar, “um aumento salarial que permita minimizar realmente os aumentos da inflação”.

A Juventude Social Democrata considera ainda “de extrema importância que se construa um modelo de avaliação e progressão no emprego mais justo e que se baseie essencialmente na meritocracia, não beneficiando profissionais em deterioramento de outros”.

A JSD defende ainda um novo modelo de recrutamento de profissionais, “como é o exemplo daquilo que acontece com a classe docente, que inclua uma preferência regional, a fim de acabar com o distanciamento das famílias por parte dos profissionais (…)”.

As propostas foram deixadas na Rádio Pax por Pedro Costa, presidente da distrital de Beja da JSD,