Linces encontrados mortos em charca

Malva e Oriana, dois dos linces do núcleo de linces do Guadiana, foram encontrados mortos numa charca para rega de olival, na semana passada, revela o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

Os animais foram descobertos durante uma acção de monitorização do núcleo reprodutor de linces do Vale do Guadiana.

Os exemplares da espécie foram identificados como Malva de três anos de idade e Oriana, uma das suas crias com um ano de idade.

Segundo o ICNF, “apesar da preocupação demonstrada pelo proprietário na disponibilização de meios de fuga da charca referenciada, o repentino abaixamento das águas, devido à rega, tornou inacessível a rampa, resultando neste acidente”.

Malva era uma das fêmeas mais férteis do programa “In situ”. Segundo o Instituto, em duas épocas reprodutoras, deu à luz 8 crias.

O ICNF assegura que vai “desenvolver esforços na prospecção de eventuais situações similares de risco nas áreas onde existem territórios estabelecidos pelos linces, além de diligenciar para que sejam instaladas outras estruturas de fuga da charca onde os animais foram encontrados mortos”.

Apesar deste incidente, acrescenta o Instituto, “a população de linces do Vale do Guadiana está em expansão territorial e populacional, tendo este ano nascido pelo menos 23 crias em estado selvagem”.