Mais resíduos encaminhados para reciclagem

No território de actuação da Resialentejo foram depositados mais resíduos para reciclagem. Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa são os concelhos em causa.

Nos ecopontos azuis foram depositados 890 toneladas de papel e cartão no 1.º semestre do ano, um aumento de 7% face a 2016. Em matéria de vidro, foram encaminhadas para recolha selectiva 650 toneladas (mais 6%). Aos ecopontos amarelos chegaram 638 toneladas de plástico e metal (mais 8%).

Actualmente a Resialentejo tem instaladas cerca de 520 ilhas de ecopontos pelos 8 concelhos. Até ao final do ano está prevista a instalação de mais 17 com vista a melhor a acessibilidade dos munícipes ao serviço de recolha selectiva.

Na Liga Intermunicipal de Reciclagem, Castro Verde fecha o primeiro semestre do ano na primeira posição como o município que mais reciclou. Num total de 22,1 quilogramas por habitantes. Seguem-se Ourique e Beja.