Médica da ULSBA publica livro sobre saúde mental

“Não há mal que sempre dure” é o título do livro, recentemente, publicado da autoria de Mariana Duarte Mangas, médica interna da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), e recém especialista em Psiquiatria.

Porque “Não há mal que sempre dure”, também o “diagnóstico de uma doença mental não é uma fatalidade e é urgente falarmos, percebermos e cuidarmos da doença e da saúde mental da mesma forma que das outras doenças”, afirma Mariana Duarte Mangas.

O livro “dirigido a pequenos e graúdos”, aborda a saúde mental de forma simples, “numa linguagem acessível a todas e a todos, ancorada num trabalho artístico de excelente qualidade estética” tal como destaca Ana Matos Pires, Diretora do Serviço de Psiquiatria da ULSBA, no prefácio do livro.

Ana Matos Pires considera, ainda, que “aumentar o conhecimento e a informação em qualquer área implica (…) apresentar a mensagem de uma forma correta, clara e apelativa, sem se perder a qualidade e o rigor técnico.”

No posfácio, Júlio Machado Vaz, médico psiquiatra e sexólogo, refere que “este livro não é um tratado e ainda bem”, assegurando que “propicia informação básica e sólida, deixa dicas com a esperança de melhoras como dama de honor e nunca se apresenta como estação de chegada ou panaceia final; abre portas, não as fecha.”

O livro “Não há mal que sempre dure” tem o apoio do Programa Nacional para a Saúde Mental.