Medicina intensiva tem novas instalações em Beja

O Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) anuncia que concluiu a remodelação do Serviço de Medicina Intensiva. O novo espaço recebeu, esta semana, os primeiros doentes.

“O projeto, agora integralmente concluído, tem como objetivo primordial o reforço da capacidade instalada, tornando os espaços mais funcionais,” e vai “diversificar e melhorar a qualidade dos cuidados prestados na área da medicina intensiva”, revela a ULSBA.

A capacidade instalada aumentou de oito para dez camas disponíveis em Medicina Intensiva. Foram criados dois quartos de isolamento com pressão regulável.