Menos mortes mas mais feridos graves nas estradas do distrito

De acordo com os dados provisórios da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), entre 1 de Janeiro e 30 de Novembro, morreram em acidentes de viação, este ano, menos 11 pessoas do que em igual período do ano passado. Os números referem-se a vítima cujo óbito ocorreu no local do acidente ou durante o respectivo transporte até às unidades de saúde.

Segundo a mesma fonte, estão contabilizados 1 772 acidentes, mais 47 do que no ano passado. Os acidentes provocaram 91 feridos graves, mais 28 do que no ano passado.

Em Portugal os acidentes de viação já provocaram 431 mortos, menos 35 que nos primeiros onze meses de 2013.

Guarda e Portalegre são os distritos com menos vítimas mortais em resultado de acidentes de viação. Porto e Lisboa são os distritos com mais mortos nas estradas.

No Alentejo, o distrito de Beja é o que regista mais mortes em acidentes de viação.

Por se remeterem aos primeiros onze meses do ano, os números revelados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária não incluem os acidentes ocorridos em Beja, Castro e Ferreira do Alentejo nos últimos dias.