Mértola ensaia soluções para regenerar a floresta

A Câmara de Mértola vai avançar com cinco testes piloto, em áreas florestais do concelho, onde predomina o pinheiro manso, o eucalipto e a acácia. Nestas zonas serão introduzidos sobreiros e azinheiras, para além de outras plantações mais produtivas.

O projeto, desenvolvido em paralelo com a Câmara de Alcoutim e outras entidades, prevê a criação de um campo experimental no quadro projeto do Centro de Competências na Luta Contra a Desertificação Alcoutim & Mértola.

A ideia é perceber se estas mudanças melhoram a qualidade dos solos e a resiliência aos incêndios florestais, explica Rosinda Pimenta, vice-presidente da Câmara de Mértola.

Se os resultados forem positivos, gradualmente, a paisagem pode ser mudada no sentido de a tornar mais resiliente adianta Rosinda Pimenta.