Modernização da Linha Beja-Casa Branca poderá estar concluída em 2025

A Câmara Municipal de Beja reuniu-se, na passada quarta-feira, com a Infraestruturas de Portugal (IP). Em cima da mesa esteve a modernização da Linha do Alentejo entre Casa Branca e Beja. O executivo municipal tem a expectativa que em 2025 este troço esteja eletrificado.

Esta foi a primeira reunião com a IP para preparação do concurso público destinado ao desenvolvimento do estudo de viabilidade, bem como do estudo prévio e, consequentemente, do projeto de execução para a modernização do troço da Linha férrea entre Casa Branca e Beja.

Além de realçar o objetivo deste encontro, Paulo Arsénio, presidente da autarquia bejense esclarece que, tal como o executivo municipal tem vindo a defender, a modernização do troço contempla a electrificação do mesmo. Foi uma primeira abordagem para que, a breve trecho, seja lançado o concurso para o estudo de viabilidade.

O autarca explica que está prevista a substituição praticamente integral da própria ferrovia e adianta, igualmente, que os comboios que irão circular nesta via poderão atingir velocidades até 200 km/h.

Paulo Arsénio tem a expectativa que até 2025 a obra esteja concluída – tal como está referenciado no Plano Nacional de Investimentos (PNI) – ou, pelo menos, que esteja a decorrer.

O presidente do município diz que “agora sim começou o processo de eletrificação do troço Casa Branca-Beja, com possibilidade de ligação ao Aeroporto de Beja”.