Montenegro acusa governo de “meter na gaveta” investimentos estruturantes

Muitas das acessibilidades reclamadas pela região foram “prometidas e reprometidas” pelo governo PS e sucessivamente adiadas para “o ano seguinte”.

A opinião foi deixada por Luís Montenegro no jantar de natal da distrital de Beja do PSD, realizado ontem.  

“O que aconteceu em Portugal nos últimos 8 anos foi que tudo foi metido na gaveta para que os portugueses pagassem mais impostos, tivessem menos serviços públicos e menos investimento público”, disse o líder do PSD.

“O equilíbrio das contas [públicas] foi feito à custa do sofrimento das pessoas”, acrescentou Luís Montenegro.

O líder social-democrata quer ter, a partir de 10 de março, um deputado eleito por Beja.

Luís Montenegro encerrou hoje um périplo de três dias pelo Baixo Alentejo no quadro da iniciativa “Sentir Portugal”.