Moura investiu mais de 127 mil euros em medidas sociais em 2023

O município de Moura revela, em nota de imprensa, que investiu mais de 127 mil euros, no ano passado, em medidas sociais.

Segundo a autarquia, “no que toca ao protocolo estabelecido entre o município de Moura e a Dignitude, o programa “abem: – Rede Solidária do Medicamento” chegou, em 2023, a 90 pessoas com poucos recursos financeiros e maior vulnerabilidade social”.

“Já o Programa Municipal de Apoio à Natalidade e Adoção beneficiou, no ano passado, 33 crianças, bem como o comércio local com bens e serviços dirigidos à infância”, esclarece o comunicado.

A mesma fonte adianta que “a medida “Prato Quente” apoiou, ao longo do ano de 2023, 60 pessoas, enquanto o programa Emergência Social, ajudou 16 indivíduos”.

Acrescenta que “no âmbito do SAAS Moura, foram apoiadas 30 famílias através dos subsídios eventuais para situações de emergência social, nas áreas da saúde, habitação e subsistência”.

Nesse sentido, a autarquia frisa que “só no último ano investiu cerca de 72.500 euros nestas medidas sociais”.

A juntar a estes apoios há ainda o Moura Habita — Programa de Apoio Social à Reabilitação Habitacional, que em 2023 apoiou 3 famílias, o que representou um investimento superior a 54.500 euros.

Lurdes Balola, vereadora da Câmara Municipal de Moura, frisa que o objetivo é que “ninguém fique para trás”.

Os munícipes que necessitem de recorrer a estes apoios, poderão obter mais informações junto do Município de Moura.