Município de Serpa participa em projeto arqueológico em África

A Câmara Municipal de Serpa está a colaborar com o projeto arqueológico internacional “Registar para proteger a Cultura Saô”, na República do Chade, no continente africano.

O projeto tem como objetivos apoiar técnicos de património do governo chadiano, através da realização de ações de formação em diferentes áreas, participação em escavação arqueológica, prospeções para registo e mapeamento de sítios arqueológicos e a criação de um website sobre o património arqueológico encontrado, revela a autarquia.

A primeira missão no terreno está prevista para o próximo mês.

João Efigénio Palma, Presidente da Câmara Municipal de Serpa, realça a importância desta colaboração para o enriquecimento da história e do património.

O Município de Serpa participa nesta iniciativa a convite do Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto (CEAUP).