“Não se tem olhado para esta região da forma como se deve olhar”, diz Rui Rio

O líder do PSD não tem dúvidas que “com um investimento relativamente reduzido à escala nacional, nós podíamos dar um impulso muito importante para o desenvolvimento desta região [Baixo Alentejo]”.

Rui Rio considera que é possível solucionar alguns problemas existentes no distrito com investimentos pouco significativos, mas que teriam impacto “multiplicador muito grande”.

De visita a Beja, ontem, Rui Rio defendeu a melhoria das acessibilidades rodoviárias e ferroviárias, que “poderiam potenciar um outro investimento já feito, o aeroporto de Beja” e o sector agrícola.

“Não se tem olhado para esta região da forma como se deve olhar”, concluiu Rui Rio. O líder do PSD não compreende porque permanece encerrado o troço da A26.

A comitiva social-democrata visitou uma adega em Vidigueira e reuniu com empresários. Henrique Silvestre, cabeça-de-lista do PSD por Beja às legislativas de Outubro, voltou a enaltecer o papel da agricultura no desenvolvimento da região.