Nilza de Sena diz que ninguém ficou para trás

Ontem, na cerimónia de apresentação da sua candidatura pela coligação “Portugal à Frente” nas Legislativas de Outubro, realizada em Beja, sublinhou o esforço feito para conclusão de Alqueva. A candidata foi mais longe e adiantou que foi o Governo de Coligação PSD/CDS-PP que encontrou “uma saída” para o Aeroporto de Beja e garantiu as transferências do Orçamento de Estado para as autarquias “a tempo e horas”. Nas palavras de Nilza de Sena ninguém ficou para trás nos últimos 4 anos.

Em Seu entender “o distrito de Beja é a região com maior potencial de crescimento” do país.

Perante uma plateia com cerca de 100 apoiantes, Nilza de Sena assegurou que a sua “missão” em defesa do Baixo Alentejo não termina a 4 de Outubro, data das eleições Legislativas.

Comércio, agricultura, industria, produção de energia e turismo devem ser sectores prioritários para a região, entende a candidata da coligação “Portugal à Frente”.

A candidata tem na agenda, hoje, vários encontros:

10h00/10h30 – Nerbe
11h30 – Associação de Agricultores do Baixo Alentejo
15h00 – Associação Comercial de Beja
16h00 – Instituto Português da Juventude Beja.