Notas dos Exames Nacionais aquém das espectativas

Os alunos já sabem as notas dos exames nacionais. Em Beja, as notas não foram as esperadas.

Tomás de Freitas Salgueiro, 18 anos e estudante na Escola Secundária Diogo de Gouveia fez exame de geometria descritiva. O aluno diz ter “falhado por um valor, para a nota que precisava”. Tomás vai à segunda fase do exame.

Inês Teixeira, 17 anos, natural de Beja e a estudar na Escola Secundária Diogo de Gouveia realizou exame de Português e Biologia. O exame de Português “não correu muito bem” (…), mas o de Biologia já correu bem”.

Inês quer “seguir enfermagem no Instituto Politécnico de Beja”.  

 Diogo Amaro, 18 anos, também natural de Beja e aluno na Escola Secundária Diogo de Gouveia, fez exames de Físico-química, Biologia e Matemática. As provas “correram bem e as notas também não foram más”.

Diogo teve positiva e considera que “regra geral correu tudo bem”.  

No país, a disciplina com maior número de provas foi Biologia e Geologia com 41 460 alunos a exame. Segue-se Física e Química A com 39 444 provas.

As disciplinas com classificação média mais elevada foram Inglês, Desenho A e Biologia e Geologia.